Mariana Baltar e Samba de Fato no CCC (RJ)

Homenageando Pedro Caetano
Show da Mariana Baltar e de Samba de Fato no Centro Cultural Carioca, dia 14 de Junho, homenagem a Pedro Caetano

Mariana Baltar, 14-06, Centro Cultural Carioca (foto Daniel Achedjian)

Nessa última terça feira, 14 de junho,  Mariana Baltar  se apresentou no «CentroCultural Carioca» com o quarteto Samba de Fato, para prestar umahomenagem ao profícuo sambista Pedro Caetano (1911-1992).
O CCC, por sinal, é uma espécie de segundo lar de Baltar, uma vez queela foi uma das fundadoras do espaço -junto com o bailarino Isnard Manso– ,espaço esse que foi entre 1930 até 1960 o «Dancing Eldorado»:uma casa de dança de salão, frequentada então por Ciro Monteiro, Mario Lago e ElisethCardoso. […]

 


Centro Cultural Carioca (foto: site da casa de show)

 

Foi igualmente entre essas paredes que se apresentaram Pixinguinha eOrlando Silva, na época de ouro do samba e da Rádio Nacional do Rio de Janeiro.

 

Dividida entre a dança e sua carreira de intérprete, Mariana Baltar navegaatravés das duas atividades; e ontem à noite, nos fez assim rememoraralgumas pequenas pérolas de  Pedro Caetano , dentre as mais conhecidas continuamsendo, sem dúvida, É com esse que eu vou, Onde estão os tamborins eSandália de prata.

Muito elegante, exibindo seu look de parisienseda «belle époque», Mariana demonstrou uma vez mais sua bela técnicavocal e seu timbre claro, acompanhada pelos músicos que contrabalançavam origor de seu profissionalismo com um bom humor contagiante.

 


Mariana Baltar e Pedro Miranda, 14-06,
Centro Cultural Carioca (foto Daniel Achedjian)

 

Em torno de si, nem mais nem menos do que Pedro Miranda (percussões),Alfredo Del Penho (violão), Pedro Amorim (cavaquinho) e Paulino Dias (percussões).Quatro artistas que se revezavam também na interpretação de uma parte dorepertório dessa terça, tanto sozinhos quanto interagindo uns com os outros, e tambémem duo com a própria Mariana.

 


Mariana Baltar avec Chico Adnet, 14-06,
Centro Cultural Carioca (photo Daniel Achedjian)

 

 

Como convidado especial da noite, Chico Adnet (pai do humorista MarceloAdnet), que, aos 50 anos, acaba de lançar seu primeiro álbum de composiçõespessoais, «Alma do Brasil», depois de uma carreira de trinta nosdedicados à música televisiva (jingles e trilhas sonoras para diversosprojetos).

 

Afinal, foi uma bela noite comemorativa no início da semana, numambiente descontraído, bem característico desse interessante espaço da músicacarioca…

 


Mariana Baltar, 14-06, Centro Cultural Carioca (foto Daniel Achedjian)

 

 

*Como lembrete: Mariana Baltar foi backing vocal de Zeca Pagodinhoe de Jorge Benjor, e contabiliza em seus ativos dois excelentes álbuns:«Uma Dama também quer se divertir» (2006), e «MarianaBaltar» (2010)…

 

 

 

 

 

Mihay, 18/08, Casa de Francisca (photo Daniel Achedjian) Falta quase nada
Não vou esconder, fazer um programa de rádio ao vivo é mil vezes mais prazeroso
O Terno: "Melhor do que parece" O TERNO: "MAIS DO QUE
Todas fotos: copyright Daniel Achedjian. Fotos tiradas ao longo de shows que aconteceram em varias
Todas fotos: copyright Daniel Achedjian. Fotos tiradas ao longo de shows que aconteceram em varias