Escutando: Moyseis Marques

«Pra desengomar»
Resenha de “Pra desengomar, o terceiro album do sambista Moyseis Marques

De uns dez anos para cá, eles formamo motor da nova geração masculina que anima o samba carioca. Eles sãocompositores e músicos, alguns são membros de um grupo, e outros acompanham e/ouescrevem para as cantoras que começaram nos bares do bairro da Lapa. Mas seestes artistas se colocam à disposição de outros intérpretes, começam cada vezmais a se afirmarem por si próprios. […]



Show “Segunda Lapa” com J. Cavalcanti, Pedro Miranda,
Moyseis Marques, Alfredo Del-Penho (foto Daniel Achedjian)

A série de shows «SegundaLapa», que aconteceu em janeiro no Studio RJ, tinha reunido quatro destestalentosos atores desta cena musical mais tradicional: Pedro Miranda,Alfredo Del-Penho, João Cavalcanti Moyseis Marques . Se acrescentarmos à esses o nomede Edu Krieger – para evocar os compositores intérpretes -, ficamos na presençade nomes particularmente recorrentes em diversos álbuns e projetos recentes emtorno do samba do Rio de Janeiro.


Moyseis Marques (foto Daniel Achedjian)


Semana passada, no Teatro Rival,Moyseis Marques apresentava «Pra desengomar», seu terceiro álbum no qualcompôs cada faixa, sozinho, ou em colaboração com diversos parceiros.

No palco, como no disco, foramconvidados Leila Pinheiro, Áurea Martins, Moacyr Luz e Ana Costa, para umaapresentação que, segundo a crítica (eu não estava presente), confirma o papelcada vez mais importante que o jovem artista se concede tanto pelo seu talentoquanto por sua simpatia.



Em estudio com Leila Pinheiro…

Muito bom cantor, compositor eloqüentee eficaz, Moyseis parece seguir os passos de seu antecessor Arlindo Cruz (paracitar um sambista onipresente nesses últimos anos) na arte de compor sambasbrilhantes, contagiosos e que possuem todos os ingredientes para se tornaremclássicos no gênero.

Assim, a primeira metade de«Pra desengomar» é absolutamente irresistível com a faixa-título (assinadacom Alfredo Del Penho), Bicho do mato, O Badabadá do Talarico (as duascompostas com Edu Krieger), Deixa estar (c/ Fernando Temporão) ou Um samba deamor (Moyseis Marques).

E, se no meio, o álbum apresenta ummomento de oscilação, ele toma um novo impulso nos jardins do Nordeste com obaião Xodó de lamparina (c/ Zé Paulo Becker), o samba baiano Pra ter seu bemquerer (c/ Bena Lobo) e o ijexa Não deu (Moyseis Marques). Outra pequena pérolaque tem que ser colocada em evidência é Meu canto é pra valer, composta ecantada em duo com Moacyr Luz.


Com artistas do naipe de MoyseisMarques, o samba carioca está em boas mãos e «Pra desengomar» édesde já uma das belas produções do gênero que se destacam este ano…

Moyseis Marques: «Pra desengomar» – Biscoito fino(Ótimo!)



                                                         Marylin Monroe: Happy birthday to you my lovely podcast! Em 2003, nasceu Tropicalia MPB
Talking Heads: Once in a lifetime Depois de anos dedicados às
Joao & Astrud Gilberto (début 1960)   …Blogs, sites, livros, biografias,
Moyseis Marques, Tupi or not tupi, 24-01-SP- foto Daniel Achedjian Existem
Hermeto et la Pensée Positive! (photo internet) Excepcionalmente neste início de